Tel. (21) 3617-2992 | 99853-3393

Referência em terapia de integração sensorial de Niterói!

O que é?

A Integração Sensorial busca integrar todos os sistemas sensoriais: visual, auditivo, olfativo, tátil vestibular e proprioceptivo para que possa resultar em um plano de ação.


Onde?

terapia é realizada em um rico ambiente terapêutico, com inúmeros equipamentos – bolas, redes, trapézio, skate, escalada, rolo suspenso, etc., organizado pela terapeuta e dirigida pela criança para favorecer o processamento sensorial eficaz.


Para quem?

Crianças e adolescentes com dificuldades escolares, atraso no desenvolvimento, autismo, síndromes genéticas, paralisia cerebral, entre outros.

Conheça o Nosso Espaço

Somos uma equipe de Terapeuta Ocupacionais especializados na área Pediátrica e o foco do trabalho está relacionado ao desenvolvimento infantil, contribuindo no desempenho motor, cognitivo, sensorial e social da criança.

Terapia ocupacional:

A atuação da Terapia Ocupacional abrange diversos problemas nos componentes cognitivos ,sensório-motores, psicológicos, psicossociais e nas diferentes áreas de desempenho ( Atividades de Vida Diária, Produtivas e de lazer).
Em se tratando em Pediatria, a TO atua na área de Desenvolvimento, Estimulação e Reabilitação e pode abranger diferentes abordagens terapêuticas, visando o máximo de autonomia na sua vida pessoal, social e escolar.
As sessões podem ser realizadas na clínica, em domicílio ou na escola ( acompanhamento e orientações) e orientações familiares.

Indicações para atendimento:

-Bebês prematuros ou de risco;
-Atraso no desenvolvimento;
-Disfunções físicas e motoras ( Paralisia Cerebral);
-Síndromes genéticas;
-Autismo;
-Dificuldades de Aprendizagem, Déficit de Atenção ou Hiperatividade;
-Transtorno no Desenvolvimento da Coordenação;
- Baixa Visão

Terapia Ocupacional
Terapia Ocupacional

Terapia Ocupacional

Integração sensorial:

Segundo Ayres, é o processo pelo qual o cérebro organiza as informações adequadas, organizando assim, as sensações do próprio corpo e do ambiente de forma a ser possível o uso eficiente do mesmo no ambiente.
A Terapia de Integração Sensorial busca integrar todos os sistemas sensoriais ( visual, auditivo, gustativo, olfativo, tátil, vestibular e proprioceptivo).
O ambiente terapêutico tem que ser acolhedor e facilitador no tratamento de crianças e jovens e rico em equipamentos interessantes, como bolas, redes, skates, trapézio, escalada, plataforma móvel, escada suspensa, balanço de lycra, etc.
O tratamento abrange crianças e jovens portadores de disfunções sensoriais, déficits de atenção, hiperatividade, distúrbios de aprendizagem, incapacidades motoras, síndromes genéticas, atraso no desenvolvimento, autismo, paralisia cerebral, entre outros.

Um aspecto importante a ser informado é que o Brincar é a melhor forma de desenvolver a Integração Sensorial, porém é necessário um programa de tratamento a partir de uma avaliação do Perfil Sensorial e Comportamento da criança para adequá-las as suas necessidades individuais, e de forma eficaz proporcionando aprendizagem e organização das informações recebidas pelos nossos sistemas.

Alguns Indicadores de Disfunção de Integração Sensorial:

Alguns Indicadores de Disfunção de Integração Sensorial:
- Cair, esbarrar ou derrubar objetos com frequência;
- Comportamento hiperativo ou ao contrário, hipoativo;
- Reações exageradas ou nenhuma reação ao toque e a certos tipos de roupas;
- Alimentação seletiva;
- Medo de altura e/ou movimento;
- Dificuldade em manter a atenção e sentar para fazer a lição;
- Grita ou chora quando existe muito barulho;
- Mostra pouca ou nenhuma reação a estímulos, incluindo a dor e extremo calor e frio;
- Enjoa ao andar de carro ou ônibus;
- Escovar os dentes parece mito sofrido;
- Evita sujar-se ou suja-se nas brincadeiras e não demonstra qualquer incômodo
Desta forma, ao suspeitar de Disfunção de Integração Sensorial é indicado uma avaliação por Terapeuta Ocupacional com formação em Integração Sensorial.